Dido está preparando novo álbum

A minha cantora preferida deu uma entrevista que foi postada no site oficial dela em que diz que está preparando trabalho novo. Ela é conhecida pela grande variedade de misturas e letras profundas em sua música, mas, principalmente, por adorar enrolar o lançamento dos álbums. O primeiro álbum No Angel foi lançado em 1999, o segundo, Life for Rent, só chegou em 2003, tendo em 2005 um CD e DVD ao vivo no Brixton Academy sem nenhuma canção inédita. Depois disso, Dido ficou cinco anos irritando os fãs, mudando as datas do lançamento do terceiro álbum de estúdio, que acabou só chegando ao mercado em 2008, mas decepcionando muita gente pela mudança de produtor e, consequentemente, de estilo. Os videoclipes do Safe Trip Home, a exceção do primeiro, “Don’t believe in love“, foram todos feitos a partir de curta-metragens do mundo inteiro, tendo até um sobre uma catadora de lixo brasileira.

Segundo a entrevista, Dido ainda está num mundo novo e não pode dar muitas novidades, mas diz que anda muito na cozinha, local onde mais produz, e que está voltando a abraçar as suas raízes eletrônicas, para a alegria dos fãs. Ela conta que voltou de uma viagem ao interior onde pôde sentir a luz do sol em dias frios e ouvir música, que, como afirma, é uma ótima sensação. Além disso, ela continua tocando vários instrumentos com a ajuda do irmão, mas terá profissionais em breve e continuará nos informando aos poucos.

Fim de contrato entre MTv e Sky pode afetar produção de videoclipes nacionais

Em 1º de Junho, a Sky cortou da sua grade de programa a MTv Brasil. Quem podia assistir ao canal até o dia 31 do Maio, assustou-se ao tentar sintonizar no canal 22, exceto os moradores de São Paulo, para quem o canal ainda podia ser assistido. É que a maior operadora de TV fechada do Brasil não avisou nem a MTv e muito menos aos assinantes da mudança.

Dentre uma semana de explicações mal dadas e muitos telefonemas à Sky pelos seus respectivos assinantes, a notícia que vinculou foi que após o término do contrato da operadora de TV com a Music Television Brasil, o Grupo Abril queria reassinar contrato exigindo, além da MTv, a inclusão de mais dois canais: FIZ e Ideal, o que, segundo a Sky, seria caro demais.

O corte de sinal afetará bastante a audiência da MTv, que vem passando por um processo de reerguer a audiência que vem perdendo desde 2006 com o seu slogan de “Mtv, a mudança pela raíz”. O problema é que poderá afetar ainda a produção de videoclipes nacionais que viam no canal a maior fonte de divulgação. Ainda por volta de 2006, a Mtv Brasil havia declarado que pararia de exibir videoclipes em sua programação devido principalmente a criação de sites como o Youtube, o que gerou muita reviravolta e que não aconteceu. Na época, discutia-se o fim ou desacelaração de viodeclipes nacionais que vem crescendo bastante nos últimos anos e servido como grande divulgação de artistas. Parece que esse fantasma voltou a assombrar.

Nelly Furtado e Di Ferrero em dueto

A cantora pop luso-canadense cujos dois primeiros álbuns seguiam uma linhagem mais alternativa com singles como “I’m like a bird”, “Turn off the lights”, “Powerless” e “Try” lançou em 2006 o seu terceiro álbum Loose com toque de Hip Hop e R’n’b e produzido pelo megaprodutor do momento Timbaland.

 

Depois de bombar nas rádios brasileiras com “Promiscuous” e “Say it right”, “All good things (come to an end)” é o novo single de Nelly Furtado. Para lançar essa música ao redor do mundo Nelly decidiu fazer alguns versões como uma em espanhol “Por que lo bueno siempre tiene un final” e um dueto com o grupo italiano Zero Assoluto. Em dúvida sobre qual brasileiro cantaria, a moça pediu para Rick Bonadio, um dos maiores produtores musicais do Brasil, envia-la sugestões dentre as quais Nelly afirma ter gostado do timbre de Di Ferrero, vocalista da banda Nx Zero, produzida por Rick.

 

A música foi gravada ainda no ano passado. Segundo Di Ferrero, o fato de Nelly Furtado ter engravidado atrapalhou o encontro dos dois e a gravação com a parte dele no clipe que teve de ser executada em um apartamento em São Paulo. Ainda essa semana a Universal Music lançou o videoclipe e a música como single oficial da cantora aqui no Brasil.

Lembrando que Nelly Furtado fala fluentemente português e considera Caetano Veloso – com quem fez um dueto (“Island of Wonder”) em seu segundo álbum Folklore – um dos melhores cantores do mundo e o seu preferido. Bem como, que a versão em inglês deveria contar com os vocais de Chris Martin do Coldplay, o que não se realizou por problemas burocráticos.

 

Assista o clipe oficial de “All good things (come to an end)”

 

Jon McLaughlin

 

Americano da cidade de Anderson, o barítono-agudo/tenor é um piano-rocker (roqueiro pianista) cantor e compositor. Antes de lançar-se com o disco de estréia, gravou três álbuns indepentedes: Up Until Now (2003), Jon McLaughlin (2004), Songs I Wrote and Later Recorded (2005). Além desses, em 2006 gravou um EP com o Single e nome de “Industry”. Seu álbum de estréia recebe o nome do estado em que nasceu: Indiana. Composto de 13 faixas, possui melodias bem trabalhas, sobretudo pelo piano, e a voz macia de Jon; varia de músicas bem íntimas como Indiana a músicas mais sociais como o primeiro single Beautiful Disaster que fala sobre a procura desenfreada que as mulheres fazem pela beleza.

Embora o álbum tenha sido lançado há algum tempo, Jon tem conquistado real sucesso ultimamente. Algumas de suas músicas apareceram em TV: “Human” em Scrubs; “Beautiful Disaster” em A little thing called love.

 

(Jon McLaughling - So Close - Cena de Encantada)

 Em Outubro de 2007, Jon abriu os shows da turnê My December Tour do terceiro álbum de Kelly Clarkson. Ficou também muito conhecido por ter feito uma apresentação ao vivo na exibição da premição do Oscar, em que sua música “So close” vinda do filme da Disney “Encantada” tinha sido nomeada. Indiana alcançou #1 no Top Álbuns de Pop no iTunes. Ganhou também a votação do “Yahoo! Who’s Next”, do site do Yahoo! que promove artistas novos/independentes. Muito de seu sucesso é atribuído à Internet, em especial ao MySpace, site divulgador de suas músicas.

 Fontes: Wikipédia, Orkut, Last.fm

 —– Sites  —–

Site Oficial: http://www.jonmcl.com
MySpace: http://www.myspace.com/jonmclaughlin

 —– Download  —–

Como o Box.net está com alguns problemas, linkei o tópico fixo de downloads da comunidade dele no Orkut

 —– Vídeos —–

No Vodpod ao lado: clipes de Beautiful Disaster, For you from me e ao vivo de “So Close” no Oscar.

Vídeo em Destaque [08 – 04]

A estonteante e deliciosa em todas as maneiras possíveis Luiza Possi, cantando e surpreendendo com “Desculpe, Babe”, músicas d’Os mutantes. O refrão tá demais. Eternas saudades de uma Luiza mais Rocker. Ah… e que delícia de Luiza, que delícia…

Seis, sete… OITO!

fael.jpg 

Lembram dele? O menino de grande destaque do Fama 1? O grande cogitado a fenômeno black/pop do Brasil com o grande single “Vendaval” lançou recentemente o seu mais novo trabalho: um disco gravado com muito carinho juntamente com o músico Marco Tommaso.

Oito é um album bem contemporâneo em que o samba nunca soou tão jovem. Parece que a pegada black da voz do Fael trouxe mesmo esse ar de diversão e modernidade. Enquanto isso os arranjos de samba de raiz garantem o embalo; cuícas e cavaquinhos ao melhor estilo.

Essa é a minha dica! Eu não sou fã de samba, mas esse trabalho tá realmente muito bom!

O CD será vendido a apenas R$ 5,00, mas enquanto ainda não podemos comprá-lo, ele permanece a disposição no MySpace e Palco MP3 do Mondego. Aproveitem. Também aproveitei e uppei para a minha Box de Downloads (a caixa azul abaixo), quem quiser baixar o CD é só ir lá.

Site Oficial

Comunidade do Orkut Fael Mondego

Fael Mondego – MySpace

Fael Mondego – Palco MP3

Hora da Lambada?! Hã?

É, já deu para entender que a novelinha série de mais destaque nos últimos tempos Ugly Betty adora o Brasil, principalmente o Rio de Janeiro. E deu para entender também que finalmente o Brasil está se consolidando como um país da moda, no entando o status de pseudoparaíso é o que ainda chama atenção dos estrangeiros.

ugly-betty.jpg

No último episódio exibido pela Sony Entertainment Television no Brasil, Quarta-Feira, 12, Daniel Meade, o herdeiro garanhão e Diretor de Edição da revista Mode, deveria estar no Rio de Janeiro se recuperando de um toco amoroso, segundo um programa de fofocas. Betty (Suárez) encontra o chefe em seu apartamente que estava (no mínimo) uma bagunça. Depois de susto para cá, susto para lá e conversas. Betty diz que achava que ele estava no Rio já que mandava postais a ela dizendo que o clima estava ótimo e que tinha de ir porque era a “Lambada Time” (Hora da Lambada). E eu fiquei pensando “Hora da Lambada? Lambada?!”.

 Algumas pessoas reclamam e mandam eu estudar a Tropicália e todos os movimentos musicais brasileiros do passado para dar mais valor. Mas eu não consigo aceitar essa coisa de o Brasil continuar exportando essa imagem jurássica de que nós só escutamos Bossa Nova, Samba-raiz e Lambada! Poxa, adoro Lambada, acho um ritmo muito interessante. Mas não toca mais tanto assim. O Brasil nunca vai andar para frente, não? E dentre tantos artistas bons que temos aqui, todo músico internacional que vem fazer show em terras tupiniquins, quando perguntado se conhece música brasileira sempre responde a mesma coisa: “Gilberto Gil”, “Caetano Veloso”, “Jorge Ben” ou “João Gilberto”. Cansei de Ser Sexy ou CSS e também o Bonde do Role tem feito significativo sucesso lá fora e com exceção da Mtv ninguém fala nisso.

Hora da Lambada? As crianças nem devem saber o que é isso. A lambada mais tocada é a versão de “Chorando se foi” que a Ivete Sangalo fez e nada mais. Nem o melodicbrega que é uma mistura de música eletrônica com lambada teve ascensão ainda. Então, Betty da próxima vez usa “Samba Time”, “Forró Time”, “Funk Time”, ou melhor, “Axé Time”. Mesmo detestando toda essa bagunça por conta desta música, até um “Créu Time” eu aceitaria melhor.

  • Sobre Mim:

    Diogo Rafael Lemos é um estudante de Letras Português Inglês pela Universidade Federal de Sergipe e amante do mundo pop. Entre suas grandes fixações estão Ídolos, American Idol, Séries e Dido. Tem 20 anos, é meio carioca e meio baiano, e mora atualmente em Aracaju.
  • Caso artistas, gravadoras, filmadoras, redes de Tv etc. estejam desgostosos com a exibição de algo nesse blog, favor comunicar-me para que imediatamente seja retirada toda e qualquer música, imagem, vídeo, entre outros.
    Obrigado
  • Agenda

    • junho 2017
      S T Q Q S S D
      « out    
       1234
      567891011
      12131415161718
      19202122232425
      2627282930  
  • Pesquisar